Mortal Kombat Project

Mortal Kombat Project Beta 4.1

Reviva toda a emoção de um clássico jogo de luta

Em 1992 surgiu um jogo que revolucionaria o mundo dos games. Mortal Kombat nascia com altos níveis de testosterona e glóbulos vermelhos na tela. Gerou muita controvérsia na época pelo excesso de realismo nas lutas. Ler descrição completa

PRÓS

  • É grátis
  • Rico em detalhes do jogo original
  • Tem todos os personagens

CONTRAS

  • Não tem versão em português
  • Algumas falhas nos gráficos
Muito bom
8

Em 1992 surgiu um jogo que revolucionaria o mundo dos games. Mortal Kombat nascia com altos níveis de testosterona e glóbulos vermelhos na tela. Gerou muita controvérsia na época pelo excesso de realismo nas lutas.

Mortal Kombat Project foi criado por fãs, para fãs do jogo original. São mais de 30 personagens com todo o visual e todos os golpes. Vai encarar a luta e tentar um fatalitie. O golpe mortal para derrotar o adversário.

Porrada e sangue

A parte gráfica do Mortal Kombat Project está longe de ser perfeita. A versão ainda está em fase final de desenvolvimento e há pequenos erros durante o jogo. Erros que não atrapalham em nada, claro. Os personagens têm todos os recursos de movimento e a jogabilidade é muito boa.

E aí, já escolheu o personagem? Sub-Zero, Scorpion, Onaga, Johnny Cage, Goro, ou Sonya. Prepare-se para atacar e defender. Cuidado para não tomar um fatalitie. O Mortal Kombat Project é assim mesmo. Bobeou, apanha muito.

Mortal Kombat Project

Download

Mortal Kombat Project Beta 4.1

— Opinião usuários — sobre Mortal Kombat Project

  • boy daniel

    por boy daniel

    "minha opiniao sobre mortal kombat project"

    eu acho o jogo muito chato sou mais street fighter pois o jogo nao tem adrenalina nem emocao e muito chato sem nossao. Mais.

    escrito em 15 de abril de 2010

  • fera_dos_games

    por fera_dos_games

    "Pra quem gosta tá bom demais"

    Não é o meu tipo de jogo preferido mas faz tempo que não me divertia tanto com um game como esse. Passei um tempinho jog... Mais.

    escrito em 22 de setembro de 2008